segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

Dejavú

Aqui estou novamente, com as minhas já velhas calças, minha barba por fazer, um chiclete já sem gosto e um coração latino que me pede um novo amor. Mais uma vez me encontro buscando o sentido do querer acordar pelas manhãs e isso, de uma vez por todas tem de parar. Quero trocar o verbo procurar, pelo encontrar, que me soa muito melhor. Juro que não peço muito para ser feliz! A minha felicidade é barata! E se eu colocar uma placa “Procura-se alguém para me acompanhar” ? Seria mais fácil? Não, não. Quero com minha próprias pernas achá-la. E hoje, minhas calças velhas, minha barba por fazer e meu chiclete ( já sem gosto ), estão comigo para mais uma tentativa. Já não é a primeira vez, e no fundo, bem escondido entre abismo que é o pensar e agir, acho que não será a última.


Mas vou buscando, eu não posso parar. Nossos maiores erros são aqueles cometidos justamente pelo medo de errar. Desse mal eu não sofro.
É, quem sabe não seja você a minha nova foto no mural.

Adendo ao texto, algumas horas depois:
É triste conquistar aquilo que temos certeza que nunca será nosso.
Guilherme Vilaggio Del Russo

6 comentários:

.Looh.Bouvier.Pie.Te.Amo³. disse...

Gostei do post, muito bonito
o que tú escreveu (:
É verdade mesmo: 'Nossos maiores erros são aqueles cometidos justamente pelo medo de errar'.
Por isso não se pode ter medo, isso não leva a nada! Temos que tentar, tentar, até chegar o dia em que conseguiremos.
Um beijos Gui, primo da Bia =]

Adriane disse...

Pois bem...um dia eu ouvi "nao há de ser nada.."
e não há de ser porra nenhuma!!
Tenho td aquilo que me cabe..
talvez o chiclete...deva ser jogado fora..talvez ele caia sem querer num espirro..de boca aberta..ou vc enfia a mão e arranca ele td babado e gruda debaixo da mesa..do banco..ou ate msmo na catraca do onibus..
pois bem..(hj to pra falar isso)
arranque isso q te faz mal..HJ e grude na catraca...q tal!?
te ajudo...

(ta nao faz nenhum sentido..mas eh legal oras..)


e mew...como ela te axou!? essa de cima!?


ahuha RAXO COM OS ABSURDOS

Marjorie disse...

Guí, que coisa mais linda, super profundo.
Se eu não tivesse namorado, eu roubar pegar vc pra mim Guí!
Amei o texto, e como disse, vou sempre passar p/ ler.
Grande beijo

Nany disse...

Meu menino poeta!

Percebendo isso que você disse no texto você conseguirá um amanhã melhor. Lute por aquilo que deseja, sinta, beije, aproveite, corra, grite, cante, dance... simplesmente viva! As simples coisas da vida nos fazem muito bem!

Aproveite o hoje, viva cada minuto como se fosse o último e verás que terá um belo futuro!

O que aqui se planta,aqui se colhe ;)

Te amooooo

Rafinha disse...

talvez estamos procurando a mesma coisa, ao mesmo tempo... que vc encontre gui. =)

aqui estou eu de novo, me perguntando como é que vc consegue escrever assiim. aliás, vcs! vcs são fodas. =D


bjooooooooos.

*cib'x* disse...

Nhaim (pq eu começo semp com isso ¬¬)...post bonito profundo e tals, com algumas discordancias da minha parte é vdade mas faz parte haha...
" Qdo o mundo nos abandona, a solidão é superável, mas qdo nós mesmos nos abandonamos, a solidão é quase insuportável."
Sei lá me deu vontade de escrever isso nao me pergunte oq tem a v. me veio na cabeça essse trecho e axei q d alguma forma se encaixa ai no meio haha...to sem inspiração hje ¬¬
Sorry Gui..oq vale é a intenção ;]
bjinhus guri