terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Abertura de algo maior

[estação - paraíso]
O apito soou. O apito soou. Tirem suas máscaras, coloquem seus sorrisos. A hora do espetáculo é essa, o hoje nunca vai ser pra sempre, é agora e sem agouros. Que a arte, a luz, o espírito e o santo estejam convosco, porque conosco está o prazer de viver.

Sejam bem vindos, a coragem é cortesia da casa e a emoção vem de acompanhamento a estas palavras. Aqui não tem apego ao que se paga, por isso, minha alegria é de graça e sua presença fundamental.

Deixe pra ser triste em outro dia, exclame a ação, finge a dor de fazer o que não se quer. Não existem coincidências! Nada aqui é por acaso, nem o sucesso, nem o fracasso e... caso você concorde, não se acanhe em ser a favor. E por favor, não se esqueça de tudo aqui, nem de todos de lá, disso que viu, você tem que falar.

Somos eternos aprendizes em busca da lição mais fácil, da matéria sem problemas, deste dia especial. Aprendizes do hoje. O caminho do amor e da dor se encontram aqui. Opte por um, ou pela outra, eles são irmãos, rivais, escolha um e pro outro o jamais. Que brilho é esse que você traz? É o nosso sorriso, combustível, que me cativa cada dia mais e mais.

Seja honesto com sua personalidade, e se é que é verdade é porque veio pra ficar.
Por fim, e por mim, seja sempre mais você, você É, aquilo que ninguém vê e o futuro bom, aos bons pertence.

Guilherme Vilaggio Del Russo

ps: Nota do autor nos comentários.

7 comentários:

Inquietos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Inquietos disse...

este texto foi criado há algum tempo atrás e devido a alguns problemas, disse a mim mesmo que nunca o postaria. Mas, acho que, devido ao fato da data do computador me indicar que hoje é dia 23/12, quase fim do ano, pensei que não haveria ocasião melhor para postar essa "abertura", afinal o fim de algo só indica o começo de outra oportunidade. E porque abertura? Eu mesmo não sei dizer. Só sei dizer que é algo que mostrará sua importância somente mais para frente. Esse texto me faz sorrir.

Obrigado, de coração e meio quem passa por aqui e que compartilha de idéias e sentimentos em palavras. Ser inquieto hoje é, pra mim, ser mais eu mesmo. Aqui me sinto a vontade para expressar tudo a qualquer momento.
Obrigado a cada um dos quase 7.000 pessoas que estão a caminho do bem. Vocês que trazem a necessidade e a vontade deste pseudo-escritor de rimar amor com humor.

Beijos, fim de ano espetacular para todos,

Guilherme Vilaggio Del Russo.

Ju disse...

Que maior bonito do mundo! :)

Clara Mello. disse...

muito bom!

beijo, Gui.

Thais Caringe disse...

Guii, sabe que esses dias, eu ouvi alguém falar o começo do final desse texto..
Essas duas palavras aqui: Por fim...
E adivinha do que lembrei?
exaaaaaaatamente!
Continuei a frase, pra mim mesma:
"e por mim, seja sempre mais vc.."
E digo maaais...ainda terminei com
"e o futuro bom, a todos nós pertenceeeeeeeeeeeeeeeeee!"
Rs! Pois é, pois é...
Parabéns Gui. Adoro teus textos!

..Feliz Natal pra vc!
(ou, pós-Natal) =]

Beeijos

Gabi Tessarin disse...

Gui, parabéns!!!!!!!!!!!!!!!!!

como sempre, texto maravilhoso!!!

Beijos e bom final de ano e um começo MARAVILHOSO!

Beijos

Adriana Andrade disse...

Lindo texto Gui!
agui é a Drica, amiga da Mendy. Tá lembrado?

beijos