quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

Permitam-se!

Hoje de manhã, quando peguei o ônibus-nosso-de-cada-dia, ele já estava mais cheio que o habitual, o que me mostrou que o ano realmente começou, apesar de eu já ter riscado 42 dias do meu novo calendário.

Juntos com os riscos no calendário, o lápis pede para que eu escreva uma palavra, para ser mais justo, um verbo que vai resumir este 2008: permitir.É isso mesmo. Chega de pudores, chega de ações que ficam só no campo dos pensamentos!

Me permito por exemplo, acordar de mau humor e esticar meu horário de almoço. Não é todo dia que você quer trabalhar, e nem por isso você deve-se sentir um má pessoa. Permito-me ficar triste por 2 ou 3 dias, mas somente dentro de um mês. Não quero forçar sorrisos. Me permito ser menos discreto e sair da sala da faculdade quando quiser. Não vou me lembrar das aulas sobre Fotografia, mas certamente das conversas no bar mais próximo. Ou alguém se lembra das notas da escola?

Me permito bagunçar meu quarto, sem me preocupar, mesmo que isso provoque a ira de meus pais. Aliás, também me permito argumentar com eles quando necessário. Eles são seres humanos e também erram. Não quero mais pessoas descartáveis! Me permito também ME bagunçar. Tenho o direito de estar confuso também e vou me valer disto este ano. Me permito ir ou não com sua cara, e também não tenho obrigação de te agradar. Me permito ficar mais rouco. Tem certas emoções na vida que só se sentem uma vez na vida e é preciso espernear mesmo.

Me permito dever no banco, um mês ao ano, mas que o mês seguinte passe voando. Não quero fazer minha barba toda semana, nem usar roupa social. Afinal, sou reconhecido pelo meu trabalho ou pela minha aparência? Ano passado, senti saudade dos meus pais, então me permito passar uns 2 ou 3 dias só com eles, curtindo alguns poucos bons momentos em família. Permito-me brincar mais com meu cachorro e juro!, prometo me permitir ser menos emburrado. Vocês podem não acreditar, mais me permito confiar mais na política brazuca, “ só de sacanagem!” só para ir contra a corrente, não é possível que tudo seja tão ruim neste mundo , e ponto final. Não importa o que ninguém quiser argumentar, em um Brasil melhor, eu vou sempre acreditar.

Puxa, permito tanta coisa que e ao mesmo não quero pedir permissão para nada. Vou simplesmente ir lá e vou fazer. Mas por fim, permito-me ser feliz, ser impossível, ser um pouquinho mais. A vida é hoje, o tempo é o agora e a gente nunca sabe do amanhã. O gesto que eu deixei para ontem, já não me cabe mais hoje. Portanto, permito-me ser e estar pra sempre neste 2008.
Permitam-se.


Guilherme Vilaggio Del Russo

8 comentários:

Anônimo disse...

Oiiiiiiiiiiiiiiii

Muito legal esse texto...com certeza qm ler vai querer se permitir mais e viver mais intensamente cada dia,favorecendo suas vontades,mas sem estrapolar né...
querendo ou não td tem um sistema...mesmo q seja um lixo é a vida né...
Mas com certeza sair um pouco desse sistema não mata ngm...hehehe

Adorei como sempreee...

qdo escrever seu livro me chama no lançamente heim...hehehehe

Bjãoooooo Adorooo

Fê Bicsoitoooooooooooo

Marjorie disse...

Do Lat. permittere


v. tr.
dar licença ou permissão a
consentir
autorizar
dar ocasião a
tolerar
não obstar
v. refl.
autorizar-se a fazer algo
ousar
atrever-se
dar lugar a
dar azo


Um dos verbos mais bonitos que tem.
E que qualquer pessoa pode aplicar a vida.
Guí, mais uma vez vc surpreeende!
Gosto mt de ler seus textos durante a semana, não sei, mas dá um sensação de liberdade para quem na maioria das vezes se v preso a rotina. Mesmo não sendo as minhas palavras, ao ler, o pensamento toma um rumo diferente e faz refletir.
Obrigada pelos textos sempre encorajadores!
Grande beijo
Marjorie

Bruna disse...

Esse texto tinha a ver comigo? Será? rsrsrsrs

Tem sim, mtooo a ver!!! Acho q vc pode saber mais sobre mim nas nossas conversas e acho q realmente conseguiu entender mais sobre quem sou eu!!!

E falou q tinha a ver com vc tbm... e eu tbm pude entender!!!

Achei uma excelente palavra pro novo ano: Permitir!!!
Só faltou algumas passagens como: se permitir ser vc mesmo sem medo das opiniões alheias, se permitir fazer coisas novas e loucas sem pensar nas conseqüências, se permitir amar sem se importar se somos correspondidos, se permitir fazer o bem mesmo q ninguém reconheça, nos PERMITIRMOS SER FELIZES IMENSAMENTE....enfim como vc disse se permitir fazer inúmeras coisas!!!

Eu entendi 100% do q vc falou...
Mas como te disse no msn, fica um pedido especial (mais um meu né?rsrsrs): já q temos q nos permitir tomar uma série de atitudes é preciso uma boa dose de coragem e ousadia... duas palavrinhas mágicas!!!

Gostaria mto de ler um texto seu sobre isso... se puder atender meu pedido, me faria mtooo feliz!!!
Permitasse ler meu pedido e pensar nele com carinho tá? hauahauahau

PS; seus textos tocam a minha alma!!!

Beijossssssss

Vc sabe q eu pedir parte do texto quando tentei postar aquela hora, mas não fica triste, era quase isso....rsrsrs

Bruna disse...

"Me permito também ME bagunçar. Tenho o direito de estar confuso também e vou me valer disto este ano".

Se bagunçar sempre é válido, afinal é se bagunçando q nos descobrimos mtoooo mais.... senti q essa parte me caiu como uma luva mesmo vc não tendo pensado em mim pra escrever isso! rsrsrs
Somos confusos e cheios de inquietações, sempre buscando o mundo, coisas novas....... e isso é q dá todo o sabor especial a vida!!!

BruLiLuLi¨ disse...

Desse eu gostei!
Eu me permito a tudo isso desde o fim do ano passado!
Porque se permitir a viver emoções diferentes, experiências nunca vividas é viver de verdade!
E viver de verdade é não desperdiçar o melhor, maior e único presente que Deus te deu!
Sua vida!
Bju*

Rafinha disse...

'a vida é curta
pra piorar as coisas só vivemos uma
então temos que aproveitar enquanto é tempo
somos tão jovens vamos viver o momento' (:

nem precisa comentar do texto né?
olha o tanto de gente elogiando vc!
auhauahauahuahau :)


saudades desse moreno aí.

Adriane disse...

Pois eh meu queridooo
para ser completo...nao precisamos de mais ngm...SE PERMITIR ja eh um ponto...mais um ponto..para SER COMPLETO..e vc e eu estamos quase lá....sim sim eu disse QUASE!!
Como eh de praxe adorei...mais antes..q tal eu revisar os erros de portugues?!huahuahua esse detalhe depois conversamos na nossa cama-de-toda-noite!
E sexta!?hauahu além de mintirosa foi otimaa jeyyy!!


E BORA NOS PERMITIR SERMOS FELIZES?hum!?Q TAL!?TO SUUUPER DISPOSTA...


beijos da formanda...para seu PADRINHoo


JEYMELLONSS

Tháta Caringe disse...

Sensacional o texto, Gui!
Algumas pessoas tem me falado ultimamente,
pra eu me permitir mais...

É...Sem dúvida é a melhor coisa!
Mais ás vezes é difíiiicil...

Poxa..."permita-se!"
Minha principal palavra para 2008 a partir de agora. =]
... a partir de agora, e pra sempre, de preferência né! rs..

e vamo que vaamo...
Beeijo Gui